Mais de três milhões de pessoas são esperadas para cruzarem a avenida Paulista, em São Paulo, no próximo domingo, durante a 23ª edição da Parada do Orgulho LGBT segundo a organização. Com o tema "50 anos de Stonewall", o evento deve registrar aumento de 12% a 15% no número de turistas na cidade, segundo a SPTuris.

De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo da capital paulista, a Parada movimentou R$ 288 milhões durante o fim de semana de 2018. Em uma pesquisa feita em 2017, estimou-se que cada visitante ficou em média dois dias e gastou cerca de R$ 1.100. Neste ano, a Paulista receberá 19 trios elétricos com atrações nacionais e internacionais, além de diferentes atividades programadas para todo o feriadão de Corpus Christi. Na sexta, por exemplo, haverá a 2ª Marcha do Orgulho Trans de SP na sexta e, no sábado, o Walking Tour São Paulo LGBTT, que pretende mostrar pontos da cidade que tenham relação com a comunidade LGBT.

 

Lucas Borges Teixeira
Colaboração para o UOL, em São Paulo 21/06/2019 
Atualizada em 21/06/2019 
Disponível em: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2019/06/21/mesmo-com-criticas-de-bolsonaro-parada-lgbt-deve-receber-12-mais-turistas.htm